Genealogia

E queremos e mandamos que esta nossa Carta de Doação tenha e valha assim e tão cumpridamente como nela é conteúdo. E prometemos por nós e nossos sucessores que após nós hão de vir, de nunca ir-mos contra ela em parte nem do todo, antes o fazemos sempre cumprir e manter como nela é conteúdo, e assim rogamos e recomendamos aos sucessores por nossa bênção que nunca contra ela vão em parte nem no todo, antes a façam assim cumprir e manter como nela é declarado porquanto assim é nossa mercê.)

(vide acórdão de Dom Luís de Lencastre e Távora, 11ºMarquês de Abrantes, membro do Conselho Director do Instituto Português de Heráldica, e membro da Associação da Nobreza Histórica-“…é parecer que  o previlégiodo tratamento de “DOM”creado em favor dos descendentes ,tanto por linha varonil como por feminina,de Vasco da Gama e de seus irmãos se mantem ainda hoje em vigor,devendo ser seguido por quem de direito,e igualmente ser reconhecido pela entidade a quem compete….”).

(vide acórdão de Doutor Martim de Albuquerque, Consultor Jurídico do então extinto Conselho da Nobreza e da Associação da Nobreza Histórica de Portugal, mandatado pelo então presidente do antigo e extinto Conselho de Nobreza, o Marquês de Pombal-“A  C.R.de 1502 confere o tratamento de DOM a todos os descendentes de Vasco da Gama,e de seus irmãos Ayres e Teresa,por linha masculina ou por linha feminina.”).